Single Blog Title

This is a single blog caption

Natal solidário presenteia crianças em Nilópolis

Share on Facebook67Tweet about this on Twitter
Natal_Eli05

O momento da entrega de presentes é sempre o mais esperado (Fotos: Eli Geovane)

Nem mesmo debaixo do calor inclemente que fez no último final de semana as crianças arredaram pé do primeiro Natal Social em Nilópolis. O evento organizado pela ONG Mulher Melhor em parceria com o projeto social Estação Criança e Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos de Nilópolis aconteceu na tarde de sábado, 19, e reuniu centenas de pessoas em uma quadra debaixo do viaduto principal do município, espaço ainda em construção e que será destinado a oficinas de reciclagens comandada pela Secretaria de Meio ambiente, também apoiadora da ação conjunta.

A poucos dias do natal, diversas lideranças femininas, entre elas religiosas, movimentos de mulheres, governamentais e não governamentais se reuniram com o objetivo de proporcionar a estas crianças um Natal melhor. Mais do que uma ação social, onde as pessoas recebem seus benefícios e retornam aos seus lares, o Natal Social proporcionou o encontro de padrinhos e crianças que não se conheciam, além de uma integração entre as famílias de diversos bairros do município.

Luciana Moreira, Superintendente dos Direitos da Mulher, uma das idealizadoras do evento, conta que ficou muito feliz pela pronta iniciativa de diversas pessoas que se propuseram em ajudar apadrinhando mais de 40 crianças. “No início, tínhamos a intenção de contemplar as 29 crianças atendidas pela Estação Criança, mas pela pronta iniciativa das pessoas conseguimos mais padrinhos. Isso me tocou muito, porquê num momento de crise que estamos vivendo no Brasil, ainda vejo solidariedade”, compartilhou Luciana, acrescentando que a maior força na promoção da festa foi através de pessoas físicas e não de empresas.

Mamãe Noel para celebrar um evento feito por mulheres 

Natal_Eli02

O Papai Noel foi, na verdade, uma mulher. Apesar de ter colocado a barba, ela representou a luta das mulhere

Animação, algodão doce, pipoca, cachorro-quente, doces e tudo aquilo que as crianças amam ter por perto, porém elas esperavam a chegada de alguém que pudesse presenteá-las. A protagonista da festa foi uma Mamãe Noel, que ficou responsável por entregar os presentes às crianças. A ideia de ter uma mulher como representante era homenagear todas as mães que lutam todos os dias por mais dignidade, educação e cuidado para seus filhos. Embora ela tenha encarnado um Papai Noel tradicional, com barba e tudo, a estratatégia era mesmo manter uma mulher no posto. Daniele Madureira de 37 anos, gari e mãe de Ana Carolina, que com apenas um ano de idade participou da festa. Emocionada, Daniele elogiou a iniciativa. “Fiquei muito comovida, sinceramente, este é o meu primeiro Natal com minha filha. Achei muito legal, são nesses pequenos gestos que garantem a felicidade de muita gente que precisa não só de presentes, mas de atenção também”, explicou.

E por falar em presentes, as crianças ao abrirem os presentes encontravam algo a mais. Dentro dos embrulhos, além dos brinquedos, elas também encontravam roupas e sapatos. Além desta ação, a maioria das crianças que participaram do eventos ão atendidas desde o início do ano pelo Projeto Estação Criança, que tem o objetivo de contribuir com as mães e/ou responsáveis, de baixa-renda, que necessitam deixar seus filhos para irem trabalhar. O espaço liderado pela pedagoga Valéria Sant’Anna, trabalha com uma equipe multidisciplinar que atende crianças em situação de vulnerabilidade social, e aquelas que precisam de atendimento pedagógico especializado, além de prestar assistência social às famílias.

Natal_Eli

Vanderson levou os três filhos para participarem do evento e adorou a mobilização

Vanderson Araújo, de 37 anos, que tem uma filha de um ano atendida pelo Projeto, aprovou o movimento. Único pai a marcar presença no Natal Social, ele levou seus três filhos para este momento de descontração. “Devido ao trabalho e outras atividades que fazemos, às vezes fica até difícil de conhecermos a fundo as pessoas que ajudam de alguma forma na educação de nossos filhos, foi muito bom encontrar pessoas de bem, professores e padrinhos. Têm crianças participantes aqui que, certamente este será o único presente que ganhará neste tempo de natal, por isso eu sou muito a favor”, com gratidão mencionou o pai.

O evento encerrou-se no final da tarde de sábado com bolo e o saudoso parabéns para Jesus. Foi realizada a distribuição de brindes para todas as crianças que não foram apadrinhadas e estiverem presentes no evento.

Deixe uma resposta

Parceiros