Single Blog Title

This is a single blog caption

Blogs fogem do estereótipo e dão voz à periferia

Share on Facebook0Tweet about this on Twitter

Diversos veículos de comunicação têm como pauta as periferias de São Paulo. Com mais ou menos tempo na ativa, alguns deles tentam fugir dos estereótipos que cercam essas regiões. É o caso dos blogs Mural, Periferia em Movimento e Vozes das Comunidades da Vila Prudente, cujo conteúdo é produzido por moradores de periferia.
 
O jornalista Thiago Borges, 27 anos, correspondente do blog Periferia em Movimento mora no Grajaú, extremo sul da cidade. Segundo ele, a mídia convencional retrata as periferias de forma “estereotipada, superficial e com espaço limitado”, devido à baixa representatividade de jornalistas moradores dessas regiões nas redações e da escassez de veículos da periferia.
 
Criado em 2009, o blog surgiu na época em que Thiago estava da faculdade de jornalismo, com as jornalistas Aline Rodrigues da Silva e Sueli Carneiro. “O Periferia em Movimento surgiu com o objetivo de falar de coisas boas que também acontecem nas quebradas, a partir da mobilização dos próprios moradores, que não esperam ação de quem vem de fora”, afirma Thiago.
 
Fotos: Leandro FonsecaO blog não só divulga ações sociais e culturais das periferias, como também produz reportagens e entrevistas, como a feita com o ator e morador do Grajaú Paulo Henrique Sant'Anna, após o monólogo Histórias do Velho Batista.
 
Para Thiago Borges, “a abordagem procura ser sempre num tom de igual pra igual, olho no olho, respeitando a fala dos entrevistados e a complexidade existente nas periferias, sem apontar o que é certo ou não. A gente acredita que, dessa forma, conseguimos ampliar o espaço de representação da população periférica numa disputa intensa de imaginário e, aos poucos, derrubar alguns estereótipos”.
 
O jornalista diz ainda que umas das principais dificuldades de se produzir conteúdo para o blog é a falta de políticas públicas específicas para fomentar projetos de comunicação. “Isso limita o número de pessoas produzindo e, em consequência, limita o número de produções e o público que é atingido por esse conteúdo. É Davi contra Golias. Mas nós acreditamos no que fazemos e isso é o que nos motiva a continuar na caminhada”, garante.
 
O mural das periferias
 
Outra mídia voltada para as periferias de São Paulo é o Blog Mural. Idealizado por Bruno Garcez em 2010, é fruto de uma parceria do jornal Folha de S. Paulo com a International Center for Journalists (ICFJ) e surgiu como um projeto multimídia focado na formação e treinamento de correspondentes comunitários. Desde 2010 é hospedado no site da Folha.
 
Um de seus correspondentes (ou “muralistas”, como são denominados) é Vagner de Alencar, 27 anos, morador da favela de Paraisópolis, na zona sul. Para ele, é importante a Folha abrir espaço para notícias que “fogem à ótica do estereótipo que foi solidificado ao longo do tempo justamente pela grande mídia. E a cobertura do Mural é importante porque vai na contramão disso: da periferia como algoz da cidade, como um ambiente abarcado pelo tráfico e violência ou carente”, completa.
 
Para Vagner, suas pautas surgem de maneira “natural”, seja caminhando pelo bairro, ou em conversas com amigos e familiares: “A apuração dessas informações é bem tranquila, geralmente. Costumo dizer que são bate-papos que, depois, viram notícia”.
 
Vagner acredita que experiências como o Mural ajudam a sociedade a enxergar com outros olhos as periferias de São Paulo e conclui: “O trabalho do Mural é fundamental para que a sociedade entenda melhor o que é a periferia, para que se sinta representada da forma como deve ser, realmente, e que ainda é renegada pela grande imprensa”.
 
As comunidades da Vila Prudente e suas vozes
 
Entre os shoppings centers Central Plaza e Mooca Plaza, está localizada a Favela da Vila Prudente, popularmente conhecida como Favelão, na zona leste. É nesta comunidade que mora o estudante do sexto semestre de jornalismo Cesar Gouveia, 25 anos, idealizador do As Vozes das Comunidades da Vila Prudente. “Vozes”, porque são muitas: a Vila Prudente conta com seis favelas e, atualmente, mais duas ocupações estão surgindo.
 
O Favelão foi cenário do videoclipe da música Favela Fashion Week, do grupo Reunião de Amigos, e do filme Carandiru, dirigido por Héctor Babenco. Por suas ruas e vielas, Cesar acompanhou a reportagem para mostrar um pouco de sua comunidade.
 
Criado em março de 2014, o blog foi inspirado no portal Voz das Comunidades, idealizado por Rene Silva, no Rio de Janeiro. A intenção é proporcionar uma formação crítica para os jovens, fazendo com que produzam seus próprios conteúdos, como explica Cesar Gouveia: “O 'Vozes' tem como primeiro pilar mostrar ao jovem que ele é formador de crítica, mas ele tem que saber como formar essa crítica para uma construção de cidadania na sua comunidade”.
 
Mas não são apenas os jornalistas que fazem o blog. Ele conta com a colaboração da cientista social Kassia Bobadilla e da estudante de ciências econômicas Janiele Pereira. “A gente começou a conversar e surgiu essa oportunidade para eu falar também da minha realidade e contribuir dessa forma”, conta Janiele, 25 anos, que conheceu Cesar através do Facebook.
 
Mesmo sem ter sido totalmente implementado, o blog já conta com dezenas de matérias abordando questões importantes para a comunidade, como o impacto das obras do monotrilho, que ligam a Linha 15 – Prata do Metrô de São Paulo com a estação de trem do Ipiranga, localizada a dois quarteirões do Favelão. “O projeto do blog é vasto e está procurando o seu eixo de entrada. Buscamos um rumo na prática porque, na teoria, eu sei muito bem o que eu quero pro Vozes”, finaliza Cesar.
 

Deixe uma resposta

Parceiros